Abril/2013


Deixe a bondade florescer em seu coração e ele lhe mostrará o caminho para ser feliz.

Deus não faz distinção entre as suas criaturas. Ama a todos com igualdade, independentemente de ser uma pessoa boa, um criminoso, um animal, uma planta, uma pedra… Até um inseto merece o amor de Deus assim como cada um de nós. Se é assim, aprenda a não fazer distinção entre aqueles que dividem conosco o mesmo planeta. Cada ser tem seu valor, seu lugar no mundo. Respeite as diferenças, porque elas foram criadas apenas pela imperfeição do homem. Não maltrate os animais, não destrua a natureza. Tudo tem participação no equilíbrio da vida. Seja uma pessoa consciente. Respeite.


Sabem por que a beleza está nos olhos de quem vê? Porque aquele que enxerga o belo apenas reflete no mundo a beleza que guarda dentro de si.


Sente-se culpado por alguma coisa? Ótimo. Mostra que você tem consciência e dá importância a ela. Agora, pegue a sua culpa, agradeça a ela por ter feito você reconhecer que vacilou, compreenda suas imperfeições e procure fazer diferente da próxima vez. Não é que você não vá errar mais. Você vai apenas se esforçar para fazer bem-feito. Se não conseguir, tente de novo, e de novo, e de novo… A persistência leva ao aperfeiçoamento.

Não seja arrogante nem orgulhoso. Aceite que é falível como todo mundo. Isso vai ajudar você a se perdoar. Não transforme a culpa num entrave ao seu desenvolvimento nem permita que o outro o agrida porque você acha que merece. Enfrente essa tentação com coragem e simplicidade. Perdoe-se. Tudo vai ficar mais fácil.


Todo mundo tem coisas boas dentro de si. Não existe quem seja apenas mau nem apenas bom. O que acontece é que muitos ainda não descobriram seus potenciais construtivos. Há também o fato de que o caminho mais fácil seduz, porque tudo mundo quer se dar bem na vida sem fazer sacrifícios. Isso é mais uma ilusão. O melhor caminho é o da conquista através de valores honestos.

Não acredite quando alguém lhe disser que você não sabe de nada ou não serve para nada. Procure, dentro de você mesmo, as coisas boas que você pode ter guardado e tem medo de fazer florescer. E não se deixe influenciar pelas facilidades da vida. Siga sempre o caminho do seu coração. Ele não erra nunca. Apoie-se nos seus valores, cultive suas virtudes, desenvolva sua energia do bem. Só assim você irá se descobrir, valorizar suas qualidades e crescer.


A humanidade está cheia de vícios: vício de falar mal, de desrespeitar, de levar vantagem em tudo. O egoísmo, a mentira e a desonestidade parece que ganharam força nesses novos tempos. Mas tudo o que sobe, um dia, tem que cair. A queda desses “anti-valores” depende da forma como vamos nos comportar no mundo. Para cada atitude de desrespeito, maledicência, mentira, egoísmo ou desonestidade, precisamos mostrar o nosso exemplo de virtude. Sejamos fieis aos princípios da honestidade, do altruísmo, do respeito, da igualdade, e, cedo ou tarde, outros nos seguirão. Se todos, ou a maioria, adotarem uma postura correta diante da vida, os que persistirem nesses vícios acabarão sozinhos na contramão da nova era. O mundo está mudando porque nós estamos nos modificando. Essa mudança só depende de nós.


Não tenha receio de dizer o que pensa. Tenha medo de se calar e se tornar cúmplice da injustiça. Mas, para dizer o que pensa, ninguém precisa se agredir nem enfrentar o mundo com riscos de se machucar. Silenciar, às vezes, é a melhor solução, porque há uma hora certa para tudo. Há momentos de falar e momentos de silenciar. Quem silencia o faz porque compreende a imaturidade alheia. Quem se cala omite a verdade por medo, insegurança ou comodismo. Saber discernir entre uma coisa e outra requer sabedoria e experiência, que muitos ainda não têm, e é por isso que há tantos desentendimentos na vida. Antes de falar ou silenciar, pense no bem ou no mal que suas palavras, ou a falta delas, acarretarão no mundo.


Perca tudo na vida, menos a sua dignidade. Bens materiais, amores, prazeres, tudo isso são valores que se podem conquistar novamente. A dignidade, porém, é patrimônio da alma com o qual não se deve negociar, pois reconquistá-la requer um salto difícil sobre o orgulho que, em sua grande maioria, o ser humano não está ainda pronto para dar. Na dúvida, mantenha-se digno. Quem conserva a dignidade nunca perde. Ganha votos de admiração, coragem e respeito, principalmente por si mesmo.


Sonhar é importante para a realização. Somente quem sonha faz acontecer. Sonhar não é fantasiar, mas estabelecer projetos e ideais que podem ser concretizados através do esforço e da vontade. Quem sonha com dez e realiza um lucra mais do que aquele que nada faz porque não tem sonho algum. Sonhe, sem fantasiar a realidade, e lute pela conquista.


Se quisermos evoluir a nossa humanidade, temos que nos dar as mãos. O momento é de união, de fé, de muita oração. O mundo está passando por processos dolorosos de reformulação. Tudo irá se modificar, espíritos amigos estão trabalhando para transformar nosso planeta num lugar melhor. Ajudemos, evitando comentários depreciativos, rancorosos e vingativos, que só servem para jogar na aura do planeta vibrações mais pesadas. Temos que vibrar o bem, a amorosidade, a compreensão. Pensemos em coisas boas, iluminadas, suaves. Todos podemos contribuir. Nossa parte nisso tudo é manter firme a fé em Deus e orar pela nossa melhora coletiva. Lembrem-se sempre da uma verdade inexorável: somos todos um só.


Não podemos ser sempre fortes, corajosos, audaciosos. Somos seres humanos, a fragilidade faz parte da nossa luta diária. Permita-se ser frágil de vez em quando, peça ajuda a um amigo, chore, sinta raiva, medo, insegurança. Sentir tudo isso é importante, porque nos ajuda a crescer e adquirir maturidade. O que não podemos é permitir que esses sentimentos nos dominem. Somos nós que temos que dominá-los para aprendermos a ser pessoas de bem.


Nada pode ser mais forte do que o amor. Não é aquele amor piegas, de ser sempre bonzinho e se anular para fazer o que o outro quer, porque isso não é amor, mas desvalor mesmo. Falo do amor descompromissado, genuíno, que compreende sem questionar, sem fazer diferenças, sem indagar motivos; que liberta porque não faz cobranças. Se cobra, é apego, posse ou essas coisas que fazem a gente confundir tudo. O amor não pede nem dá em troca, mas é generoso porque é e pronto. Amor é, sobretudo, respeito, a si mesmo e ao próximo. Respeito é a base de tudo, é o início da compreensão do que seja, em sua essência, o verdadeiro amor.


Ser feliz não é possuir tudo o que se deseja, mas ter maturidade e discernimento suficientes para saber lidar com as frustrações e não sofrer com elas.


Quando o que fazemos dá certo, nos vangloriamos de nós mesmos. Quando dá errado, culpamos o outro. Tanto em um quanto em outro caso, a responsabilidade é nossa. Nossos sucessos e nossos fracassos dependem da nossa vontade, do nosso esforço ou da falta deles.


Não desanime diante das dificuldades. A luta pelo desenvolvimento próprio deve ser constante. O que é fácil pode ser tentador mas, nem sempre, é o caminho que conduz à vitória. Persistir é o segredo. O medo, a insegurança e a dúvida fazem parte do crescimento humano e não precisam ser rejeitados nem são motivo de vergonha. Estão no mundo para serem vencidos. Vencê-los é nosso desafio, um desafio que, por vezes, pode parecer impossível, mas que só depende da nossa coragem e capacidade de acreditar que podemos.


Se tiver que gastar a sua energia para falar, fale somente coisas boas. O mal desperdiça bons fluidos, envenena a alma e esfria o coração. Palavras boas iluminam o ambiente, fazem as pessoas felizes e, é claro, revitalizam suas energias, transformando-as em realizações que geram prazer e alegria. É tudo uma questão de escolha, porque o discernimento na hora de falar só pertence a nós.


Não desanime se alguém o tratar com ingratidão. Ser grato é uma virtude que muito poucos possuem. Faça o que tem de fazer por amor a si mesmo, porque é a coisa certa, não esperando o reconhecimento do próximo. O reconhecimento pelas nossas atitudes, quem faz é a vida. Quem ajuda esperando agradecimento age movido mais pelo orgulho do que pelo amor, que é sempre desinteressado. E por mais que a ingratidão magoe, a satisfação de ter feito o melhor é um presente de luz. De qualquer forma, seja grato ao outro por lhe permitir reconhecer o que há de melhor em você mesmo, ainda que ele não consiga enxergar isso. Faça por você e você estará sempre bem consigo mesmo.


As pessoas, em geral, estão viciadas no desrespeito, sobretudo, no trânsito. Carros que avançam o sinal, param em local proibido, entram na contramão, trafegam pelo acostamento, estacionam em vagas de deficientes, arranham outros veículos e fogem, e tudo isso como se os motoristas estivessem certos!!! Se alguém reclama, é xingado, debochado ou coias pior. Parece que a falta de respeito é que é o certo, o legal, ao passo que respeitar virou cafonice, bobeira ou idiotice. Quem respeita não é nada disso. É uma pessoa digna, correta, firme em seus valores.

Não seja mais um a aumentar a fila dos viciados no desrespeito. Dê o exemplo da virtude, e a vida se encarregará de recompensá-lo através de coisas aparentemente pequeninas, mas que, se bem analisadas, você verá que significam muito.

Comentando, você enriquece o texto e partilha sua opinião com os próximos leitores.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s